Inicial
Click on the slide!

Condutores de alta tensão

Notícias >> Mundo do Trabalho

A rotina estressante dos motoristas de ônibus do Rio.

Mais...
Click on the slide!

O rombo da previdência é uma mentira!

Notícias >> Mundo do Trabalho

Devido à manipulação da mídia, as pessoas estão convictas de que existe um déficit na previdência e que a reforma…

Mais...
Click on the slide!

Empossados os novos integrantes da Comissão de Direito Sindical da OAB-PR

Notícias >> Mundo do Trabalho

PLURALIDADE: Comissão é formada por advogados de sindicatos laborais, empresariais e também por aqueles do direito sindical público.

Mais...
Click on the slide!

Mantida greve na Urbs e Setran

Notícias >> Mundo do Trabalho

Urbs apresenta contraproposta insuficiente e greve está mantida

Mais...
Click on the slide!

Autoritarismo impera na FIAT em Campo Largo

Notícias >> Mundo do Trabalho

PLR DA EMPRESA PODE ACABAR NA JUSTIÇA E COM MULTA À EMPRESA

Mais...
Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
historia
atuacao
EQUIPE
CONTATO

Condutores de alta tensão

Reportagem do Jornal O Globo mostra a rotina de estresse e pressão vivida pelos motoristas de ônibus da cidade do Rio de Janeiro. E descreve também os desgastes físico e emocional, a sobrecarga de funções, o atendimento e contato direto com a população, que transforma esse condutor na canal de reclamações constantes dos usuários do transporte coletivo na Cidade Maravilhosa, e, por fim, os absurdos impostos pela nova lei dos motoristas a esses profissionais, que acarretam ainda em humilhações, vergonhas, mais estresse e mais pressão.

Confira a íntegra da reportagem diretamente no site do jornal.

Condutores de alta tensão: a rotina estressante dos motoristas de ônibus do Rio
Temidos como os maiores predadores do trânsito carioca, eles também são vítimas do caos no sistema de transportes


Última atualização em Seg, 25 de Julho de 2016 06:48

O rombo da previdência é uma mentira!

Artigo de Alessandra Strazzi | JusBrasil

Em tempos de crise como os nossos, já virou clichê a atribuição da culpa do rombo nas contas públicas à Previdência Social. Se você acredita nessa história do deficit previdenciário, você precisa tomar a pílula vermelha, ler esse artigo e conhecer a verdade!

[Artigo originalmente publicado no blog Desmistificando o Direito]



O deficit previdenciário não existe

Devido à manipulação da mídia, as pessoas estão convictas de que existe um deficit na previdência e que a reforma é necessária a urgente.

Mas... Não há deficit previdenciário! Não há rombo da previdência! O que existe é um superavit previdenciário! Chocante? Pois é. E eu, que odeio teorias da conspiração, vou te mostrar que dispenso o chapéuzinho de alumínio e faço as minhas afirmações baseada em estudos e fatos (vide fontes ao final do artigo).

[Obs.: Superavit é quando você arrecada mais do que gastou.]

A professora de Economia da UFRJ, Drª Denise Gentil, demonstrou claramente em sua tese de doutorado que o Governo executa uma fraude contábil nos cálculos das receitas e despesas com a Seguridade Social. Esses cálculos são feitos de forma totalmente diferente do que diz a nossa Constituição Federal.

Como é feito o cálculo do Governo

O Governo pega a receita de contribuições previdenciárias ao INSS, que é apenas uma das fontes de receita, e deduz (subtrai) dessa receita o total dos gastos com benefícios previdenciários.

Por esse cálculo que o Governo divulga, nós teríamos ano passado (2015) um [falso] deficit de 85 bilhões de reais.

Como o cálculo deveria ser feito

Última atualização em Sáb, 23 de Julho de 2016 02:51

Nova condenação dos Correios

Justiça do Trabalho condena os Correios a pagarem salários e benefícios devidos a trabalhadora afastada por problemas de saúde

Em mais uma condenação na Justiça do Trabalho, os Correios do Paraná agora terão de pagar salários e benefícios a uma funcionária do setor operacional de Triagem e Transbordo que esteve afastada dos serviços por problemas de saúde e ficou descoberta de vencimentos. Os Correios deviam a ela no início da ação aproximadamente quatro meses de provimentos. Além disso, a empresa também deve devolver à trabalhadora os valores descontados irregularmente dela, por decisão unilateral e por conta de um erro exclusivo do Recursos Humanos (RH) da empresa.

Última atualização em Qui, 21 de Julho de 2016 06:21

Jornada excessiva

Motorista submetido à jornada de trabalho excessiva receberá indenização por dano existencial

Por Willians Fausto
No site do TRT 15ª Região

Afastado do convívio familiar em consequência da jornada excessiva de trabalho, um motorista de Jundiaí conquistou o direito de ser indenizado por dano existencial. Em decisão unânime, os desembargadores da 11ª Câmara do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região condenaram a empresa Transpaese Transporte a pagar R$ 20 mil ao empregado. Ao analisar o processo, eles constataram que a transportadora submetia o trabalhador a uma jornada que o afastava do convívio social e contribuía para desestruturar sua família.

Além da transportadora, também foi condenada subsidiariamente a indústria Amcor Rigid Plastics do Brasil, para quem o motorista prestava serviços.

Empossados os novos integrantes da Comissão de Direito Sindical da OAB-PR

Direito Sindical



Com a intenção de promover a efetiva participação dos advogados nas comissões, de valorizar a formação acadêmica, o ingresso na Ordem e uma atuação profissional digna, o presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no Paraná (OAB-PR), José Augusto Araújo de Noronha, deu posse na tarde de ontem (18) aos novos membros da Comissão de Direito Sindical da OAB-PR e reconduziu à presidência desta Comissão o advogado André Franco de Oliveira Passos, um dos ícones no estado da advocacia de defesa de trabalhadores.



"Agradeço a disposição dos membros em trabalhar pela Comissão de Direito Sindical da OAB-PR, que terá como uma das demandas já colocadas fazer frente às tentativas de supressão de direitos", disse Noronha. Para ele, outra contribuição à sociedade paranaense da atuação dos advogados nesse espaço será "a melhoria e proteção do Direito Coletivo".



Noronha ainda destacou a regionalização das comissões e disse que pretende realizar em sua gestão na OAB-PR um encontro Sul-Brasileiro e também de um grande evento de Direito Sindical, nos moldes do congresso nacional que acontece em Minas Gerais. O vice-presidente da Comissão de Direito Sindical da OAB-SC, Alberto Gonçalves de Souza Júnior, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Empresas Montadoras de Veículos, Chassis e Motores de Campo Largo (Sindimovec), Adriano Carlesso, e o professor de Direito Sindical da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Paulo Opuszka, prestigiaram a posse dos novos membros da Comissão.

Última atualização em Ter, 19 de Julho de 2016 08:25
You are here Inicial

AGENDA_OIT

banner_livros_filmes