Notícias Jurídicas Nova redação da Súmula nº 277 do TST: Ultratividade das Cláusulas Normativas dos Acordos e Convenções Coletivas de Trabalho

Nova redação da Súmula nº 277 do TST: Ultratividade das Cláusulas Normativas dos Acordos e Convenções Coletivas de Trabalho

Nova redação da Súmula nº 277 do Tribunal Superior do Trabalho aprovada pelo Pleno na 2ª Semana do TST, em 14 de setembro de 2012:
“CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO OU ACORDO COLETIVO DE TRABALHO. EFICÁCIA. ULTRATIVIDADE. As cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas integram os contratos individuais de trabalho e somente poderão ser modificadas ou suprimidas mediante negociação coletiva de trabalho.”
 

O princípio da ultra-atividade ou ultratividade significa, no Direito Coletivo de Trabalho, que as normas fixadas em acordos e convenções coletivas de trabalho se incorporam ao contratos individuais de trabalho, projetando-se no tempo.

E somente poderão ser modificadas ou suprimidas por via de negociação coletiva de trabalho, ou seja, a fixação de novas normas que modifiquem ou suprimam as normas existentes nos atuais acordos e convenções coletivas de trabalho.         

Mesmo que o instrumento normativo coletivo estabeleça o período de vigência de um ou dois anos, com a atual redação da Súmula nº 277 do TST, as normas coletivas estão incorporadas aos contratos individuais de trabalho, devendo ser respeitadas e aplicadas mesmo depois do término da vigência do termo coletivo, e somente com novo acordo ou convenção coletiva poderão ser modificadas ou suprimidas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

You are here Notícias Jurídicas Nova redação da Súmula nº 277 do TST: Ultratividade das Cláusulas Normativas dos Acordos e Convenções Coletivas de Trabalho

AGENDA_OIT

banner_livros_filmes